MEGA 94


O depoimento de Britney Spears em tribunal, no caso de sua tutela, teve relatos chocantes e começa a dar resultados positivos para a cantora. Segundo informações do jornal The New York Times, a empresa que agiria como co-tutor da fortuna da cantora, ao lado de seu pai Jamie, pediu para deixar a função.

Em novembro de 2020, a empresa de gerenciamento financeiro Bessemer Trust foi oficializada como co-tutora dos bens e gastos de Britney Spears e após o depoimento da cantora, a empresa comunicou sua saída da posição, em respeito aos desejos de Britney.

“Como resultado do depoimento da tutelada na audiência do dia 23 de junho, porém, o requerente [Bessemer Trust] tomou conhecimento que a tutelada é contra a continuidade de sua conservadoria e deseja terminar a tutela. O requerente ouviu a tutelada e respeita seus desejos”, dizia o documento protocolado pelos advogados da empresa em tribunal.

No pedido para deixar a posição de co-tutora da fortuna de Britney, a Bessemer Trust revela que, apesar de estar oficializada na função desde novembro, ela não chegou a fazer nenhuma movimentação ou decisão em relação aos bens e finanças da cantora.

A decisão do juiz sobre a saída da Bessemer Trust como co-tutora da fortuna de Britney Spears, estimada em 60 milhões de dólares, ainda não foi divulgada e, caso seja positiva para a saída da empresa, ainda está incerto se Jamie Spears seguirá novamente como tutor único dos bens da cantora.

O jornal ainda declara que o advogado de Britney, Samuel D. Ingham III, ainda não protocolou um pedido formal para o fim da consevadoria no tribunal.




Fonte: Postado em: 02-07-2021


O depoimento de Britney Spears em tribunal, no caso de sua tutela, teve relatos chocantes e começa a dar resultados positivos para a cantora. Segundo informações do jornal The New York Times, a empresa que agiria como co-tutor da fortuna da cantora, ao lado de seu pai Jamie, pediu para deixar a função.

Em novembro de 2020, a empresa de gerenciamento financeiro Bessemer Trust foi oficializada como co-tutora dos bens e gastos de Britney Spears e após o depoimento da cantora, a empresa comunicou sua saída da posição, em respeito aos desejos de Britney.

“Como resultado do depoimento da tutelada na audiência do dia 23 de junho, porém, o requerente [Bessemer Trust] tomou conhecimento que a tutelada é contra a continuidade de sua conservadoria e deseja terminar a tutela. O requerente ouviu a tutelada e respeita seus desejos”, dizia o documento protocolado pelos advogados da empresa em tribunal.

No pedido para deixar a posição de co-tutora da fortuna de Britney, a Bessemer Trust revela que, apesar de estar oficializada na função desde novembro, ela não chegou a fazer nenhuma movimentação ou decisão em relação aos bens e finanças da cantora.

A decisão do juiz sobre a saída da Bessemer Trust como co-tutora da fortuna de Britney Spears, estimada em 60 milhões de dólares, ainda não foi divulgada e, caso seja positiva para a saída da empresa, ainda está incerto se Jamie Spears seguirá novamente como tutor único dos bens da cantora.

O jornal ainda declara que o advogado de Britney, Samuel D. Ingham III, ainda não protocolou um pedido formal para o fim da consevadoria no tribunal.




Fonte: Postado em: 02-07-2021
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.