MEGA 94


Nós esperamos por esse dia com grande expectativa e ele por fim chegou!

Shakira e Jennifer Lopez saíram do palco do Super Bowl LIV, onde mostraram não apenas que sabem fazer hits como ninguém, mas também que sua dança é contagiante como um vírus.

Com a proposta de fazer de sua apresentação uma grande festa da cultura latina nos Estados Unidos, as duas conseguiram transformar o Hard Rock Stadium, em Miami, em um palco pequeno pra tantos momentos históricos. Quem fez as honras da casa foi colombiana, aniversariante do dia, que abriu o set com “She Wolf”.

Usando um vestido vermelho cheio de franjas, ela já chegou se dirigindo à plateia em espanhol. Após arrasar na dança, surpresa: rolou uma mistura de “Empire” com os riffs de guitarra inesquecíveis de “Inevitable”. Se os fãs esperavam grandes êxitos, a gente pode dizer: terminaram a noite bastante satisfeitos.

“Ojos Así”, por sua vez, introduziu um número de dança do ventre. Foi então a vez de “Whenever, Wherever” e “Hips Don’t Lie”.

JLo veio na sequência, com uma proposta um tanto quanto diferente. Com um número bastante expressivo de bailarinos, ela fez uma sequência de tirar o fôlego entregando por sua vez uma nova cartilha de hits. Ela sabe como fazer um grande show né? “Jenny From The Block” abriu os trabalhos e veio seguida por “Waiting For Tonight” e “Mi Gente”, com direito a troca de roupa ali mesmo.

Muito carão, muito sangue nos olhos e um desejo nítido de fazer todos dançarem cada segundo. Entre as participações especiais estavam Bad Bunny e J Balvin. Um pra cada uma.

No fim, as musas se reuniram novamente pra cantar um trecho de “Waka Waka (This Time For Africa)” e encerrar dançando salsa e champeta, dois ritmos tradicionais de seus países de origem, Porto Rico e Colômbia. Que momento histórico!

Assista:




Fonte: Postado em: 03-02-2020


Nós esperamos por esse dia com grande expectativa e ele por fim chegou!

Shakira e Jennifer Lopez saíram do palco do Super Bowl LIV, onde mostraram não apenas que sabem fazer hits como ninguém, mas também que sua dança é contagiante como um vírus.

Com a proposta de fazer de sua apresentação uma grande festa da cultura latina nos Estados Unidos, as duas conseguiram transformar o Hard Rock Stadium, em Miami, em um palco pequeno pra tantos momentos históricos. Quem fez as honras da casa foi colombiana, aniversariante do dia, que abriu o set com “She Wolf”.

Usando um vestido vermelho cheio de franjas, ela já chegou se dirigindo à plateia em espanhol. Após arrasar na dança, surpresa: rolou uma mistura de “Empire” com os riffs de guitarra inesquecíveis de “Inevitable”. Se os fãs esperavam grandes êxitos, a gente pode dizer: terminaram a noite bastante satisfeitos.

“Ojos Así”, por sua vez, introduziu um número de dança do ventre. Foi então a vez de “Whenever, Wherever” e “Hips Don’t Lie”.

JLo veio na sequência, com uma proposta um tanto quanto diferente. Com um número bastante expressivo de bailarinos, ela fez uma sequência de tirar o fôlego entregando por sua vez uma nova cartilha de hits. Ela sabe como fazer um grande show né? “Jenny From The Block” abriu os trabalhos e veio seguida por “Waiting For Tonight” e “Mi Gente”, com direito a troca de roupa ali mesmo.

Muito carão, muito sangue nos olhos e um desejo nítido de fazer todos dançarem cada segundo. Entre as participações especiais estavam Bad Bunny e J Balvin. Um pra cada uma.

No fim, as musas se reuniram novamente pra cantar um trecho de “Waka Waka (This Time For Africa)” e encerrar dançando salsa e champeta, dois ritmos tradicionais de seus países de origem, Porto Rico e Colômbia. Que momento histórico!

Assista:




Fonte: Postado em: 03-02-2020
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.