MEGA 94


O homem está um luxo! A Louis Vitton-Moët Hennessy (LVMH), líder mundial no mercado de vinhos e destilados de luxo, anunciou nesta segunda-feira (22) a aquisição de 50% da participação em negócios da Armand de Brignac. A marca, que tem Jay-Z como proprietário, vive um momento próspero mundo afora: somente em 2019 vendeu cerca de 500 mil garrafas de vinho e champanhe.

“Estamos incrivelmente orgulhosos por fazer esta parceria e acreditamos que a combinação de nossa experiência com champanhe e rede internacional, juntamente à visão de Shawn JAY-Z Carter, a força da marca Armand de Brignac e a qualidade de sua gama de cuvées de prestígio, permitirão elevar o negócio a novos patamares em todo o mundo”, disse em nota Philippe Schaus, presidente e CEO da LVMH.

Carter, por sua vez, destacou o histórico de excelência dos produtores e disse esperar novas conquistas a partir da união. “Estamos confiantes de que o grande poder da estrutura de distribuição global do grupo Moët Hennessy, sua força de portfólio incomparável e seu histórico de excelência há muito estabelecido no desenvolvimento de marcas de luxo oferecerão à Armand de Brignac o poder comercial que precisa para crescer e prosperar ainda mais”.

O valor da transação feita pela Moët Hennessy e Jay-Z não foi revelado, embora estimativas deem conta de que, a partir de dados obtidos em 2018, o montante ultrapassaria a casa dos US$ 250 milhões.

Ainda segundo o jornal The New York Times, responsável pela projeção, o acordo teria sido discutido originalmente em 2019, mas só ganhou fôlego após a interferência de Alexandre Arnault, filho de Bernard Arnault, o fundador da LVMH.

Histórico
A notícia chega menos de duas semanas após a LVMH ter anunciado a suspensão de parte das atividades da grife Fenty, criada por Rihanna. A embaixadora de Barbados é uma das artistas representadas pela Roc Nation, empresa de entretenimento e esporte comandada por Carter.

Dono da Armand de Brignac desde 2014, o rapper nem sempre manteve uma boa relação com o mercado de luxo. Em 2006, ele promoveu um boicote ao champanhe Cristal após um executivo da empresa ter feito comentários depreciativos sobre o rap.

Mas, o que torna as garrafas de champanhe da Moët Hennessy as mais badaladas do mundo? Com sua história atrelada à Cattier, uma das mais importantes casas de champanhe da Europa, está entre suas idiossincrasias o fato de que cada garrafa, revestida em metal, possui uma dosagem única. O tempo da fermentação, feita em barricas novas de carvalho francês, leva em média de 12 a 18 meses.

O preço de uma garrafa no Brasil pode variar. As ditas Ace of Spades oferecem ao consumidor valores que oscilam entre R$ 3.420 e R$ 8.000.




Fonte: Postado em: 23-02-2021


O homem está um luxo! A Louis Vitton-Moët Hennessy (LVMH), líder mundial no mercado de vinhos e destilados de luxo, anunciou nesta segunda-feira (22) a aquisição de 50% da participação em negócios da Armand de Brignac. A marca, que tem Jay-Z como proprietário, vive um momento próspero mundo afora: somente em 2019 vendeu cerca de 500 mil garrafas de vinho e champanhe.

“Estamos incrivelmente orgulhosos por fazer esta parceria e acreditamos que a combinação de nossa experiência com champanhe e rede internacional, juntamente à visão de Shawn JAY-Z Carter, a força da marca Armand de Brignac e a qualidade de sua gama de cuvées de prestígio, permitirão elevar o negócio a novos patamares em todo o mundo”, disse em nota Philippe Schaus, presidente e CEO da LVMH.

Carter, por sua vez, destacou o histórico de excelência dos produtores e disse esperar novas conquistas a partir da união. “Estamos confiantes de que o grande poder da estrutura de distribuição global do grupo Moët Hennessy, sua força de portfólio incomparável e seu histórico de excelência há muito estabelecido no desenvolvimento de marcas de luxo oferecerão à Armand de Brignac o poder comercial que precisa para crescer e prosperar ainda mais”.

O valor da transação feita pela Moët Hennessy e Jay-Z não foi revelado, embora estimativas deem conta de que, a partir de dados obtidos em 2018, o montante ultrapassaria a casa dos US$ 250 milhões.

Ainda segundo o jornal The New York Times, responsável pela projeção, o acordo teria sido discutido originalmente em 2019, mas só ganhou fôlego após a interferência de Alexandre Arnault, filho de Bernard Arnault, o fundador da LVMH.

Histórico
A notícia chega menos de duas semanas após a LVMH ter anunciado a suspensão de parte das atividades da grife Fenty, criada por Rihanna. A embaixadora de Barbados é uma das artistas representadas pela Roc Nation, empresa de entretenimento e esporte comandada por Carter.

Dono da Armand de Brignac desde 2014, o rapper nem sempre manteve uma boa relação com o mercado de luxo. Em 2006, ele promoveu um boicote ao champanhe Cristal após um executivo da empresa ter feito comentários depreciativos sobre o rap.

Mas, o que torna as garrafas de champanhe da Moët Hennessy as mais badaladas do mundo? Com sua história atrelada à Cattier, uma das mais importantes casas de champanhe da Europa, está entre suas idiossincrasias o fato de que cada garrafa, revestida em metal, possui uma dosagem única. O tempo da fermentação, feita em barricas novas de carvalho francês, leva em média de 12 a 18 meses.

O preço de uma garrafa no Brasil pode variar. As ditas Ace of Spades oferecem ao consumidor valores que oscilam entre R$ 3.420 e R$ 8.000.




Fonte: Postado em: 23-02-2021
MEGA POINT
Av. Afonso Pena 5154
Campo Grande MS
Whatsapp - 99143-9494

3042-9494
Mega94 (c)- Todos os direitos reservados.